Se estivesse no meu lugar saberia exatamente o que eu penso e sinto ao ouvir frases estupidas como esta.
Se você fosse eu, o poder de escolha em tentar novamente ou não seria seu.
Mas como somos pessoas diferentes, pensamos diferente, vivemos uma vida com uma realidade totalmente diferente uma da outra, a decisão sobre a minha vida é minha e não preciso de sua opinião.
Pareço grosseira? Imagine o que você parece aos meus olhos, quando emite um “conselho” não solicitado, sobre um assunto extremamente delicado para mim.
Como eu sou eu, a decisão de tentar novamente, ou não, cabe somente ao meu esposo e a mim.
Por fim, ainda bem que eu sou eu... e que você não precisou passar por tudo que passei, talvez não aguentaria a metade do que aguentei.