No final do ano passado, estávamos com tudo preparado para fazer a FIV, foi um ano de muitas lutas, mas também de muitas vitórias, pois havíamos finalmente conseguido deixar tudo pronto para entrarmos 2019 em busca da realização do nosso sonho.
Vibrei de felicidade, pois aquele seria meu último natal sem a maternidade, 2019 seria o ano de nossas vidas.
E o que foi 2019? Meu Deus! Que ano foi esse?
2019 me trouxe por duas vezes a alegria do “positivo”, me deu dias de uma felicidade que não cabia dentro do peito, me deu como canção os batimentos da Isabelle, me permitiu sonhar e planejar uma vida cheia de filhos, cheia de alegrias.
Mesmo que 2019 tenha sido o ano em que os mais lindos sonhos tenham se tornado de repente pesadelos, também foi o ano em que vivi os dias mais felizes da minha vida.
Aqui estou eu, em mais um final de ano de braços vazios, mas não posso dizer que foi de todo um ano ruim, só não foi como eu imaginei. Definitivamente ano passado foi meu último natal sem a maternidade, mas não esperava que este ano seria o meu primeiro natal como mãe de anjos.
Encerro esse ano, sem motivos para comemorar, mas encerro agradecida por ter sido a mãe dos meus 4 anjinhos. E espero ansiosamente pelo dia em que finalmente terei meus filhos em meus braços.