E já se foram 9 meses...
Passou rápido, mas não tão rápido quanto o tempo em que meu corpo foi sua morada, filha.
Passou tão rápido, mas não o suficiente pra não sentir sua ausência toda vez que respiro.
Passou tão rápido, mas nem por isso você deixou de fazer parte dos meus sonhos.
Passou tão rápido que ainda me pego te desejando uma boa noite ao me deitar.
Passou tão rápido, que as suas coisinhas continuam ocupando as mesmas gavetas.
Passou tão rápido que quando fecho os olhos ainda consigo te sentir, como se estivesse aqui, comigo.
Passou tão rápido e ao mesmo tempo tão devagar.
Faz a sua festa aí meu amor, enquanto a mamãe continua aqui, esperando o tempo passar pra te reencontrar.
Feliz nove meses minha anjinha!