Acordei sentindo falta de mim.
Me olhei no espelho e não reconheci o reflexo que estava ali.
Busquei em pensamentos e memórias quem sou eu e percebi que não restou muito de quem eu era.
Eu sobrevivi por anos à sua espera filha e hoje percebi que somente vivi enquanto seu coração batia dentro de mim.
Depois de sua partida, sigo aqui, mais uma vez à sua espera.
Antes de você eu apenas imaginava quem seria eu, quando você chegasse.
Depois de você, eu nem sei se poderei me tornar parte do que fui enquanto estava comigo.
Hoje acordei sentindo falta de mim, porque nada faz sentindo sem você.
Hoje acordei sentindo falta de mim, porque foi inevitável não morrer um pouco junto com você.
Hoje acordei sentindo falta de mim, porque nunca existiu “eu” sem você.
Na verdade, hoje, assim como todos os outros dias da minha vida, acordei mesmo, foi sentindo falta de você.